INVOCAÇÃO PEDAGÓGICA NO ENSINO MÉDIO: O estado da arte

Palavras-chave: Ensino Médio, Inovação Pedagógica, Políticas Públicas

Resumo

Esse artigo tem por objetivo refletir sobre as políticas públicas e as práticas pedagógicas inovadoras para o Ensino Médio. Para tanto, realizou-se pesquisa de caráter bibliográfico e exploratório, buscando identificar os elementos que permeiam essa discussão. Para o levantamento das obras, foram consultadas bases de dados nacionais e internacionais, utilizando-se como termos indutores, “Ensino Médio” e “inovação pedagógica”. Os dados foram analisados a partir da Análise de Conteúdo de Bardin (2012). Identificou-se 37 trabalhos, entre teses, dissertações, artigos, trabalhos publicados em anais de eventos e capítulos de livros. Eles foram categorizados em três grupos, (i) políticas públicas e currículo, (ii) práticas educativas, incluindo o uso de recursos tecnológicos digitais e (iii) formação de professores. Conclui-se que a inovação exige mudança de postura do professor, rompendo com paradigmas tradicionais e, seja fortalecida com uma formação de professores eficaz e políticas públicas condizentes com os contextos escolares.

Biografia do Autor

Denise Teberga Mendanã, Universidade Estácio de Sá

Doutoranda em Educação pela Universidade Estácio de Sá em Parceria com a Universidade de Taubaté (Dinter) na linha de pesquisa de Representçãoes Sociais e Práticas Educativas. Atualmente participa do Programa de Iniciação à docência no Ensino Superior (PID) da Universidade de Taubaté no curso de Pedagogia (Disciplina Prática de Ensino II) como monitora. Possui Especialização Lato Sensu em Neuropsicopedagogia Institucional e Clínica pela Faculdade Paraná (FAP - 2021). Possui especialização Lato sensu em Midias na Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar - 2019). Mestre em Educação, pela Universidade de Taubaté (2016) na linha de pesquisa Inclusão e Diversidade Sócio Cultural. Possui graduação em História pela Universidade de Taubaté (2006) e pós graduação em Educação: História Cultura e Sociedade, pela mesma Universidade (2009). Possui também graduação em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho (2009) e pós Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia Institucional pela Faculdade Brasil (2012). Tem experiência na área de Educação. Atua há 20 anos na Educação Básica, em sala de aula dos anos iniciais (alfabetização e letramento), bem como trabalho diferenciado em classes de recuperação paralela. Atuou também na gestão escolar como coordenadora pedagógica e vice-diretora do Ensino Fundamental e Infantil, por quatro anos, na Prefeitura Municipal de Taubaté - SP

Silvio Duarte Domingos, Universidade Estácio de Sá

Doutorado e Mestrado em Educação, na Linha das Representações Sociais e Práticas Educarivas, pela UNESA. Especialização em Design de Moda pelo Centro da Tecnologia da Indústria Química e Têxtil, graduação em Design Moda e graduação em Letras- Língua Portuguesa e Literatura, pela UNESA. É pesquisador e professor titular 3 na UNESA. Contribui com revistas Qualis A, na condição de avaliador ad hoc. Tem experiência em comunicar temas complexos usando linguagem de fácil acesso. Atua na Área da Educação, com ênfase na articulação entre as linguagens verbais e não verbais, na criatividade para a inovação e na produção de significados e seus destinos e efeitos nas sociedades. Tem interesse nos temas: Teoria da Argumentação, Teoria das Representações Sociais, Educação, Inovação e Criatividade.

Edna Maria Querido de Oliveira Chamon, Universidade Estácio de Sá

Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade Nogueira da Gama (1991), graduação em Sciences de L’Education - Université de Toulouse II (Le Mirail) (1994), mestrado em Sciences de L’Education - Université de Toulouse II (Le Mirail) (1995), doutorado em Psicologia - Université de Toulouse II (Le Mirail) (1998) e pós-doutorado em Educação na UNICAMP (2003). Atualmente é professora assistente doutora da Universidade de Taubaté (UNITAU), em Taubaté, SP e Pesquisadora colaboradora na Universidade de Campinas (UNICAMP) no Departamento de Arquitetura e Construção da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo. É assessora ad hoc da FAPESP e do CNPq, da ANPEPP e do JIRS. É membro de corpo editorial e científico de várias revistas nacionais e internacionais. Coordena projetos de pesquisa com fomento do CNPq e da CAPES.

Leonor Santana, Universidade Estácio de Sá (UNESA)

Doutora em Educação (UNESA), Mestre em Desenvolvimento Humano pela Universidade de Taubaté (UNITAU), Graduada em Psicologia (UNITAU), com MBA em Gestão de Pessoas (FGV), especialização em Psicomotricidade, Psicopedagogia, Psicossomática. Experiência em gestão técnica, administrativa e de pessoas. Atuação na Educação Básica como coordenadora do Programa Integral em Secretaria Municipal de Educação. Em EaD, experiência como Coordenadora de Objetos de Aprendizagem para EaD e tutora eletrônica e na curadoria de materiais digitais. Docente em cursos de Graduação e Pós Graduação.

Referências

ARGENTINO, Patricia Cibienel. Inovação: as tecnologias digitais em espaços educativos. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Cidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

ATLAS DAS JUVENTUDES. Juventudes e a pandemia do coronavírus. 2ª edição. Relatório Nacional, 2021. Disponível em: https://atlasdasjuventudes.com.br/wp-content/uploads/2021/08/JuventudesEPandemia2_Relatorio_Nacional_20210702.pdf Acesso em 20 out. 2021.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BEZERRA, Alaine Sinara Ribeiro. O programa ensino médio inovador: recontextualizando a prática pedagógica inovadora. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Pernambuco, Natal, 2017.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira-INEP. Censo da educação básica 2020: resumo técnico [recurso eletrônico] – Brasília: INEP, 2021a.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira-INEP. Censo da Educação Básica 2020: notas estatísticas. Brasília, DF: INEP, 2021b.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP. Relatório do 3º ciclo de monitoramento das metas do Plano Nacional de Educação – 2020. Brasília: INEP, 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Novo Ensino Médio. 2018. Disponível em: http://novoensinomedio.mec.gov.br/#!/pagina-inicial. Acesso em: 10 nov. 2019.

CHAKUR, Cilene Ribeiro de Sá Leite. A desconstrução do construtivismo na educação: crenças e equívocos de professores, autores e críticos. São Paulo: Editora Unesp, 2015.

CONCEIÇÃO, Maria Sandra da; MACHADO, André Gustavo Carvalho. Ensino Médio Integral no agreste de Pernambuco: um diagnóstico à luz da implementação de estratégias. Revista Eletrônica de Estratégia & Negócios, [s. l.], v. 11, n. 01, p. 200–225, 2018.

CZERNISZ, Eliane Cleide da Silva; BATISTÃO, Marci; PIO, Camila Aparecida. Propostas de inovação e redesenho curricular: o ensino médio em questão. Revista HISTEDBR On-line, [s. l.], v. 17, n. 2, p. 662–677, 2017.

DOMINGOS, Silvio Duarte. Representações sociais de inovação pedagógica por professores de pedagogia. 2020. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2020.

DOMINGOS, Silvio Duarte; CASTRO, Monica Rabello de. Representações sociais de inovação pedagógica por professores da educação básica. Temas em Educação e Saúde, [s. l.], v. 14, n. 1, p. 98–120, 2018.

FERREIRA, Norma S.A. As pesquisas denominadas “Estado da Arte”, Educação & Sociedade, ano XXIII, n79, p.257-272, 2002.

FOLETTO, Denize da Silveira. Aprendendo a ensinar por meio da aprendizagem baseada em projetos. In: XX ENDIPE RIO 2020, 2020, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro: XX ENDIPE Rio 2020, 2020.

FOLETTO, Denize; DOS SANTOS COSTA, Elisangela. Metodologias ativas na formação de estudantes do ensino médio: relato de experiência pedagógica. Vivências, [s. l.], v. 17, n. 32, p. 149–163, 2020.

GIORDANO, Cassio Cristiano; KIAN, Fatima Aparecida. O Ensino de Probabilidade e o Novo Ensino Médio: reflexões a partir da BNCC e do Currículo Paulista. Revista Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, [s. l.], v. 11, n. 1, p. 59–78, 2021.

HERNANDES, Paulo Romualdo. A Lei no 13.415 e as alterações na carga horária e no currículo do Ensino Médio. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, [s. l.], v. 28, n. 108, p. 579–598, 2020.

LEAL, Murilo Cruz; MORTIMER, Eduardo Fleury. Apropriação do discurso de inovação curricular em química por professores do ensino médio: perspectivas e tensões. Ciência & Educação, [s. l.], v. 14, n. 2, p. 213–231, 2008.

LIMA, Sonia Maria Pereira de. Inovação pedagógica, práticas pedagógicas inovadoras e concepções docentes no macrocampo iniciação científica e pesquisa do PROEMI. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.

MACHADO, Ricardo de Macedo; RODRIGUES, Adriana de Carvalho. Metodologias ativas e tecnologias digitais como potencializadoras do processo de ensino-aprendizagem no Ensino Médio Integrado. Revista Seminário de Visu, [s. l.], v. 8, n. 3, p. 537–549, 2020.

MANZONI, Rosa Maria; SANTOS, Thaís Cavalcanti dos; CANIZARES, Kathia Alexandra Lara. Inovação pedagógica com a Atividade Orientadora de Ensino: uma experiência com a carta argumentativa. Revista de Estudios y Experiencias en Educación, [s. l.], v. 19, n. 39, p. 275–286, 2020.

MARCOM, Jacinta Lúcia Rizzi; SCHIMITT, Adriana Regina Vettorazzi. Professores do Ensino Médio e as tecnologias: Desafios e Superações no IFSC em tempos de pandemia. In: CONGRESSO INTERNACIONAL ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO IN, 2021, Santa Cruz do Sul. Anais [...]. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2021.

MENDES, Ademir Aparecido Pinhelli; GABRIEL, Fábio Antônio; ARAÚJO, Arthur Silva. O ensino de filosofia no nível médio: tecnologias digitais e práticas pedagógicas inovadoras. Revista Digital de Ensino de Filosofia - REFilo, [s. l.], v. 6, n. 0, p. 1–15, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/refilo/article/view/43776/html. Acesso em: 30 ago. 2021.

MITRULIS, Eleny. Ensaios de inovação no ensino médio. Cadernos de Pesquisa, [s. l.], n. 116, p. 217–244, 2002.

NOGUEIRA, Marco Aurélio. Sociedade Civil. In. GIOVANNI, Geraldo Di.; NOGUEIRA, Marco Aurélio (org.). Dicionário de Políticas Públicas.2ed. São Paulo: Editora da UNESP; Fundap, 2015.

NOGUEIRA, Silvia Cristina Conde; SILVA, Pedro Rodolfo Fernandes da; GADELHA, Thayná Gundin. A não inovação do programa Ensino Médio inovador. Revista Diálogo Educacional, [s. l.], v. 18, n. 59, p. 1272–1290, 2018.

NUNES, Dimas Elpidio. O ensino-aprendizagem da Matemática através de tecnologias da informação e comunicação para o Ensino Médio, em especial a utilização do celular como ferramenta pedagógica e o aplicativo calculadora gráfica GEOGEBRA. 2020. Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática) - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, Vitória da Conquista: BA, 2020.

NUNES, Joseane de Brito Bezerra. A utilização das metodologias ativas em sala de aula para a promoção da autonomia e o protagonismo do educando. In: SILVA, Américo Junior Nunes da (org.). O Campo teórico-metodológico-epistemológico da educação no fomento da questão política da atualidade. Ponta Grossa- PR: Atena, 2021.

OLIVEIRA, Sebastião Luís de; SIQUEIRA, Adriano Francisco; ROMÃO, Estaner Claro. Aprendizagem Baseada em Projetos no Ensino Médio: estudo comparativo entre métodos de ensino. Bolema: Boletim de Educação Matemática, [s. l.], v. 34, n. 67, p. 764–785, 2020.

PADILHA, Érica Oliveira Ramos. Práticas Pedagógicas de História no Ensino Médio em uma Escola Pública Estadual na Cidade de Bom Conselho-PE/Brasil Existe Inovação Pedagógica? 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação - Inovação Pedagógica) - Universidade da Madeira, Funchal, 2018.

PAULA, Gustavo Afonso de. Análise de discursos de professores de física do ensino médio sobre o uso de simuladores. 2020. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, 2020.

PORTO JÚNIOR, Manoel José; RAMOS, Marise Nogueira; LOPONTE, Luciana Neve. AS DIMENSÕES DA VIDA HUMANA NA PROPOSTA DE ENSINO MÉDIO INTEGRADO: as armadilhas da tecnologia e da inovação. In: TOMAZELLA, Marlon (org.). Educação, Cultura e Sociedade. 1aed. João Pessoa: Editora IFPB, 2019.

QUINTANILHA, Luiz Fernando. Inovação pedagógica universitária mediada pelo Facebook e YouTube: uma experiência de ensino-aprendizagem direcionado à geração Z. Educação em revista, Curitiba, n. 65, p. 249-263, 2017.

RABÊLO, Luciane. Ensino Médio inovador: manifestações identitárias e diversidade cultural em sala de aula. 2019. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Extremo Sul Catarinense, Criciúma, 2019.

REGATTIERI, Silvia Maria Alvim; DONADON, Maria Leonor Beneli. Metodologias Ativas: vivências de práticas aplicáveis no ensino técnico integrado com foco na dinamização das aulas. Revista Interface Tecnológica, [s. l.], v. 17, n. 1, p. 807–818, 2020.

ROCHA, Helianane Oliveira. Programa Ensino Médio Inovador – Proemi no Maranhão: necessidades formativas de professores para o desenvolvimento de práticas pedagógicas inovadoras em escolas públicas de São Luís. 2016. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.

ROMANOWSKI, Joana P.; ENS, Romilda T. As pesquisas denominadas do tipo “Estado da Arte”. Diálogos Educacionais, v. 6, n. 6, p. 37–50, 2006.

SANTANA, Leonor M.; CHAMON, Edna Maria Q. O.; SORDILLO, Claudia Maria O. Representações sociais, ensino médio e projeto de vida: levantamento de estudos. Revista Humanidades & Inovação, Palmas, v.8, n.41, 2021.

SANTOS, Luciane Maria Ribeiro da Cruz; MARINHO, Simão Pedro P. As representações sociais de professoras da Educação Básica sobre internet e escola: um estudo em uma escola UCA em Minas Gerais. Revista e-Curriculum, [s. l.], v. 14, n. 2, p. 718–740, 2016.

SILVA, Analígia Miranda da. Apropriações sociais e formativas das tecnologias digitais por adolescentes e suas relações com o ensino e aprendizagem na escola. 2016. Tese (Doutorado) - Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2016.

SILVA, Valdirene Moura da. Representações sociais de tecnologia compartilhadas pelos professores e suas relações com a prática pedagógica em função da região em que atuam. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação, Matemática e Tecnologia) - Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2015.

SILVA, Roberto Rafael Dias; FABRIS, Elí Terezinha Henn. Docências inovadoras: a inovação como atitude pedagógica permanente no ensino médio. Educação (Porto Alegre), [s. l.], v. 36, n. 2, p. 250–261, 2013.

SILVA, Tiago Justino de Souza; ALBUQUERQUE, Emanuel Lindemberg Silva. Google earth como ferramenta didática no ensino de geografia no ensino médio. Revista do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica, [s. l.], v. 8, n. 1, p. 132–143, 2020.

SOBRINHO, Sidinei Cruz. PROCESSOS INSTITUCIONAIS PARA O ENSINO MÉDIO E O CURRÍCULO INTEGRADOS NA REDE FEDERAL DE EPCT: os desafios do fazer. In: TOMAZELLA, Marlon (org.). Educação, Cultura e Sociedade. 1aed. João Pessoa: Editora IFPB, 2019.

TAVARES, Fernando Gomes de Oliveira. O conceito de inovação em educação: uma revisão necessária. Educação (UFSM), Santa Maria, p. e4/ 1-19, fev. 2019. ISSN 1984-6444. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/32311. Acesso em: 21 abr. 2020.

TEIXEIRA, Rodrigo Antonio Magalhães; MONTEIRO, Claudio De Castro; OLIVEIRA, Mailson Santos de. Ticway: uma metodologia de ensino auxiliada por tecnologia. Revista Humanidades e Inovação, [s. l.], v. 7, n. 9, p. 289–305, 2020.

VIEIRA, Letícia et al. Inovação curricular no ensino médio: das experiências exitosas às duvidosas

propostas de mudança. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, [s. l.], v. 15, n. 3, p. 1422–1442, 2020.

ZIBAS, Dagmar M L; FERRETTI, Celso J; TATUCE, Gisela Lobo B. P. O protagonismo de alunos e pais no Ensino Médio brasileiro. Revista Portuguesa de Educação, [s. l.], v. 18, n. 2, p. 45–87, 2005.

Publicado
2022-12-26
Como Citar
Mendanã, D. T., Domingos, S. D., Chamon, E. M. Q. de O., & Santana, L. M. (2022). INVOCAÇÃO PEDAGÓGICA NO ENSINO MÉDIO: O estado da arte. Interação - Revista De Ensino, Pesquisa E Extensão, 24(3), 5 - 22. https://doi.org/10.33836/interacao.v24i3.701